Localização Pronutrir

Estou em:

Pronutrir Cariri

O QUE É?

A Onco-hematologia é a área que cuida das doenças malignas do sangue e gânglios ou ínguas. Fazem parte desse grupo os linfomas, leucemias, doenças mieloproliferativas (policitemia, trombocitemoa e mielofibrose), mielodisplasias e o mieloma múltiplo.

QUAIS OS TIPOS DE CÂNCER HEMATOLÓGICO

Existem três principais tipos de doenças quando o assunto é Hematologia Oncológica:

Leucemia: As leucemias são cânceres no sangue propriamente ditos;

Linfoma: Os linfomas são os cânceres no sistema linfático ou linfonodo (mais conhecido como íngua);

Mieloma: os mielomas são cânceres que se originam no plasmócito, uma célula do sangue responsável pela imunidade do paciente.

O importante é lembrar que todos eles apresentam imunossupressão, ou seja, diminuem a imunidade do paciente atingido por uma delas. Por isso, é tão importante atenção aos sintomas dessas doenças.

PRINCIPAIS FATORES DE RISCO

Os principais fatores de risco são alguns tipos de vírus, substâncias tóxicas ou alterações genéticas das células. Para se ficar atento, os sintomas iniciais são os seguintes: febre que não cede, palidez, perda de peso importante, manchas roxas pelo corpo, fraqueza, aumento do tamanho das ínguas ou sangramentos espontâneos.

É importante observar que as leucemias crônicas muitas vezes são assintomáticas, ou seja, não apresentam sintomas e acabam descobertas apenas a partir de exames médicos. 

TRATAMENTO

Os tratamentos para combater estas doenças são feitos através de quimioterapia ou radioterapia. Por causa da dosasem alta das drogas quimioterápicas, o paciente precisa de atenção especial durante a quimioterapia e as visitas, visto que a quimioterapia debilita ainda mais este paciente, que já tem a imunidade enfraquecida. Para melhorar o quadro, normalmente os hematologistas podem acrescentar transfusão de sangue ou transfusão de medula no tratamento.

Transfusão de Sangue

Quando as hemácias ou plaquetas do paciente estão em valores muito baixos ele recebe transfusão de sangue de outra pessoa. Isso ocorre em função da própria doença e também por causa da própria quimioterapia. O doador deve se apresentar em um banco de sangue. Lá o sangue total desse doador será fracionado em hemácias, plaquetas e plasma.

Transplante de Medula

Muitas doenças hematológicas são tratadas a partir do transplante de medula óssea. A medula óssea está localizada dentro dos ossos, o popular “tutano”, e é retirada do doador através de veias calibrosas ou de punção em osso da bacia.

Os interessados em serem doadores devem se apresentar em um banco de sangue, onde será feito o cadastro e retirada uma amostra de sangue para classificação.